Mano

Saudação ao meu irmão Irmão de sangue

Irmãs das almas

Nascendo juntos ou separados

Num caminho de vida

Nessa volta do mundo

 

Nem um rio

Nem uma montanha

Podem criar uma distância

 

Irmão, meu mano

Mando-te a saudação

Desse doce respeito

Dessa união

 

Quando precisar da tua ajuda

A tua mão não estarà longe

Nas horas de tristeza

O teu ombro não esterà longe

 

Nem um rio

Nem uma montanha

Podem criar uma distância

 

Irmão, meu mano

Mando-te a saudação

Desse doce respeito

Dessa união

 

(Madalena Trabuco / Madalena Trabuco – Antoine Essertier)